Publicações

Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil

“Esta edição do anuário Multi Cidades, que consolida informações de 2018, demonstra que as despesas com as áreas sociais (saúde, educação e assistência social) responderam por 55,3% de todo o despesa público dos municípios brasileiros. A preservação desse tipo de despesa confirma o empenho dos governos locais na manutenção desses serviços públicos tão demandados pela população.”

Jonas Donizette
Prefeito de Campinas-SP e presidente da Frente Nacional de Prefeitos

“No cenário de crise econômica que atinge o país, os municípios têm enfrentado o aumento das demandas por serviços públicos e a escassez de recursos para executá-las. Conforme aponta esta edição do anuário Multi Cidades, que consolida informações de 2017, prefeitas e prefeitos administraram suas cidades com receitas semelhantes às de 2013.”

Jonas Donizette
Prefeito de Campinas/SP e presidente da Frente Nacional de Prefeitos

“Os números publicados por Multi Cidades mostram ainda que os entes municipais não ficaram apáticos diante da crise. Ao contrário, mesmo em final de mandato, promoveram um forte ajuste fiscal via redução das despesas e, assim, as contas consolidadas voltaram a registrar um valor de receita total superior à despesa total.”

Jonas Donizette
Prefeito de Campinas-SP e presidente da FNP

“Ao final de 2016, o Brasil terá encolhido sua economia em cerca de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB), o que, somado à queda de 3,8% de 2015, resulta numa retração de cerca de 7% em dois anos. E a inflação já se aproxima de 7% no fechamento de 2016. Como consequência da recessão pela qual passamos, caíram as receitas públicas dos três níveis de governo, em termos reais.”

Marcio Lacerda
Prefeito de Belo Horizonte (MG) e presidente da FNP

“A 11ª edição do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil demonstra que 2014 foi um ano melhor para os municípios comparado a 2013. No entanto, a conjuntura econômica já dava os primeiros sinais da crise que estava por vir.”

Marcio Lacerda
Presidente da FNP e prefeito de Belo Horizonte (MG)

“A Frente Nacional de Prefeitos, em parceria com a Aequus Consultoria, lança a edição comemorativa de dez anos do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil. Ao longo desse período, muitos foram os cenários políticos e econômicos analisados. Entretanto, nenhum deles envolveu tanto a sociedade e expôs o desequilíbrio federativo como o atual.”

José Fortunati
Presidente da FNP e prefeito de Porto Alegre (RS)

“Os dois instrumentos, Multi Cidades e Compara Brasil, cumprem o papel de alicerçar e fomentar o debate e a pesquisa sobre o federalismo fiscal brasileiro. Foi a partir dos dados divulgados por Multi Cidades que prefeitos levantaram o problema das cidades que possuem baixo nível de receita quando dividida pelo número de habitantes e, então, criaram o grupo denominado g100.”

José Fortunati
Presidente da Frente Nacional de Prefeitos e prefeito de Porto Alegre

“A Frente Nacional de Prefeitos, ao lançar pelo quarto ano consecutivo o anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, ano 8, em parceria com a Aequus Consultoria, cumpre um papel fundamental de colaborar com a transparência dos resultados fiscais dos municípios brasileiros, oferecendo aos governantes e gestores públicos importantes dados para consulta no seu dia a dia.”

João Coser
Prefeito de Vitória-ES e presidente da Frente Nacional de Prefeitos

Multi Cidades 2011 mostra que a superação da crise refletiu-se claramente nas contas públicas municipais. A receita total do conjunto dos municípios brasileiros cresceu 11,6% em relação a 2009, alcançando R$ 321 bilhões, o que representou cerca de 8,7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2010. Os municípios aproveitaram o incremento de receita para retomar investimentos, rubrica que apresentou o maior crescimento percentual (31,2%) entre os principais itens da despesa.”

João Coser
Prefeito de Vitória-ES e presidente da Frente Nacional de Prefeitos

“Nesse contexto, o tema central desta edição de Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil não poderia ser outro, senão os impactos da crise econômica internacional nas contas públicas de 2009. Nesta publicação é possível conferir o resultado final de um ano de desafios para os municípios brasileiros, com crescente participação das despesas de saúde nas despesas totais e uma queda importante dos investimentos em relação ao ano anterior.”

João Coser
Presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e prefeito de Vitória-ES

“Qualificar a atuação dos gestores municipais é uma bandeira permanente da FNP. Procuramos trazer para nossas reuniões temas atuais, discutidos por palestrantes que têm amplo e reconhecido conhecimento. Mantemos um site com informação factual de qualidade e promovemos a troca de experiências intermunicipais e intercontinentais. Para somar esforços à estas iniciativas, decidimos que, a partir deste ano, coordenaremos a edição da revista Multi Cidades.”

João Coser
Presidente da FNP e prefeito de Vitória (ES)

“Lançado em 2005, o anuário veio suprir uma lacuna existente no país, com a divulgação de informações relativas às finanças de seus municípios, visando fornecer elementos para o melhor conhecimento de seus problemas e para a formulação de políticas públicas mais eficientes, à luz da grande diversidade que os caracteriza.”

Fabrício Augusto de Oliveira
Doutor em Economia pela Unicamp, professor do programa de mestrado da Fundação João Pinheiro, consultor na área de Economia do Setor Público e ex-secretário adjunto Geral da Secretaria da Fazenda de Minas Gerais, no Governo Itamar Franco

“Daí, a grande satisfação em anunciar a primeira edição do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil. Como perceberão todos os leitores, a revista apresenta informações fundamentais para os administradores municipais, pesquisadores e para todos os cidadãos dispostos a conhecer e contribuir com a melhoria de sua cidade.”

Jorge Mattoso
Presidente da Caixa Econômica Federal, professor licenciado do Instituto de Economia da Unicamp

AEQUUS

AEQUUS